quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Relacionamento Aberto. Sim ou não ?

Houve uma materia do Bolsa de mulher sobre esse assunto de Relacionamento Aberto, achei bem interresante, mas e ai você toparia ter um relacionamento aberto ?


 Entre as que nunca passaram pela experiência, há as que consideram uma possibilidade como a usuária do Bolsa Nina. "Prefiro relacionamento aberto à hipocrisia", diz ela, para quem não adianta ter um relacionamento "fechado" no qual se pressupõe fidelidade, se há enganação. "A traição, pelo jeito, é muito comum ".
Pondera ela, que já foi traída uma vez. "Preferia que, em vez de quebrar o pacto que tínhamos, ele tivesse proposto a troca de pacto: por um relacionamento aberto, o que garantiria que, no lugar de ser traída eu pudesse ter condições iguais e nas mesmas medidas", ressalta.


Amor X Sexo
Mas será possível conter o ciúme sabendo que o seu amor divide a cama com outras mulheres? Para a certas pessoas, sim, é possível ter um relacionamento aberto, companheirismo não tem nada a ver com sexo.
Existem casair que adotam esse tipo de relacionamento desde que eram namorados adotaram esse tipo de relacionamento.

Regras explícitas
Mesmo aberto, o casamento tem seus acordos: "Não é com todos que aparecem que saímos. Não nos sentimos livres, leves e soltos. Mas às vezes aparece alguém significativo que vale a pena ‘namorar' por uma noite". A leitora da bolsa conta que ela e o marido preferem ser fiéis aos próprios desejos sem mentir um para o outro. "Cada noite separados nos deixa mais juntos no dia posterior. Temos certeza de que nascemos um para o outro, o que é testado na prática", diz.

Deu para perceber que casamento aberto não é bagunça: cada casal tem suas regras, que mudam muito de uma relação para outra. A usuária da rede social do Bolsa Arlete Suzana vive um relacionamento aberto há quase 20 anos. "Somos amantes, amigos e o tesão nunca morreu", diz ela, contando que os dois têm vidas paralelas. "Já vivemos algum tempo longe e hoje nos vemos semanalmente. Viajamos juntos esporadicamente, é perfeito e sou feliz", garante. Ela acredita que cada casal pode ter a sua fórmula de felicidade. "Guardamos o sabor um do outro e torcemos pelas realizações individuais de cada um. Não vivemos o cotidiano, mas momentos tão intensos que suprem todo o resto, com bons papos e afinidades", diz.

Boom é isso ai. Kiss                                                              Contato: jmulher@live.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário